Troca-troca II

junho 13, 2010

Felipão confirma acerto com Palmeiras e se diz “emocionado por voltar pra casa”

Agora só falta comprar uns quatro ou cinco. Como se dizia antigamente, falta um  8, um 4 e um 9 decentes para, pelo menos, montar um time competitivo.

Marra as carça Felipão! Vai ter trampo pra caraca!!

Anúncios

Troca-troca

junho 13, 2010

Acabei de ler no G1 que o Celso Roth trocou o Vasco pelo Inter. Faço parte daqueles que tem 5 pés atrás com o treinador gaúcho, mas também sei reconhecer que tem feitos belos trabalhos nos times que dirige e, em muitos casos, tirado leite de pedra. Não sei não… Com um elenco como o do Inter nas mãos, penso que Roth vai brigar pelas primeiras posições durante todo o torneio. Arrisco a dizer que o Internacional pode dar como favas contadas (adoro essa expressão) a participação na  Libertadores 2011.

Ainda no Vasco, Celsinho em versão colorada.

vamos indo

maio 26, 2010

De vez em quando passo por aqui. Não tenho um motivo específico para justificar minhas ausências deste blog. Afinal, para um jornalista metido a escritor como eu, seria obrigação exercitar a escrita falando da secunda coisa que mais gosto na vida, ainda mais num espaço onde não tenho que dar ‘sastifação’ a ninguem e posso escrever qualquer porra que me der na telha.  O que me falta é vergonha na cara mesmo, além de uma puta falta de compromisso com tanta liberdade que o espaço – blog –  proporciona e uma pitadiiiiiiiiinha de carimbó.

Não pense você que estou aqui por livre e espontânea vontade, longe disso. Resolvi escrever estas mal fadadas porque estou no fechamento da 6° edição do jornal que dirijo e, como todos os fechamentos do mundo, sempre tem uma complicação, então, para matar um pouco a ansiedade, resolvi passar por acá.

Agora, ao que interessa. Este é o melhor São Paulo dos últimos 15 anos, no mínimo. Torcedores de outros times sempre cornetam dizendo que nunca estamos contentes, que o time ganhou 3 brasileiros seguidos, e tal e cousa, e cousa e tal, e que não sabemos o que queremos… Queremos futebol bem jogado! Só isso. Não importa se com 2, 3 ou 4 volantes. Gostamos da bola no chão, de pé em pé, igualzinho o time do Santos (que raiva). E este time armado pelo RG com a chegada do Fernandão, parece que encaixou. Ainda é cedo, mas é um time bom para ponto corrido, fechadinho atrás, 3 volantes, 1 meia fuçadôzinho, um atacante ligeirinho e outro que pensa.  O Hernanes, que é um baita segundo homem de meio campo –  no tempo que o número da camisa definia a posição do cabra, ele seria o 8 clássico, chega bem aproveitando os espaços e o Fernandão passou a amaciar as bolas. Agora não espirram mais na canela de ninguem. Aliás, começou a chorar em público, tem que tirar do time. Obrigado por nada Washington, e até mais!! Depois dos jogos contra o engasgado Cruzeiro e da convincente vitória contra o Inter, lá – comecei a querer acreditar que dá. E se der, vai ser foda!

***

Na minha opinião, este ano quem dá bola é o Santos. Levaram o Paulista, vão levar a Copa do Brasil e, se segurarem os jogadores (Ganso, Neymar e Wesley, principalmente) é o tipo de time que ganha 8 partidas seguidas, abre 12 pontos e chega ao fim do campeonato com gordura de sobra para poder perder uma meia dúzia de partidas sem alterar a tabela.

Olha o Sacconi indo!! Olha o Sacconi voltando!!

fevereiro 2, 2010

O bordão da esquete de humor, que se referia ao presidente Lula-lá, cabe certinho na negociação do Deyvid Sacconi. Escrevi, indignado, aí embaixo, que um cara que caiu como uma luva no esquema verde tinha sido vendido. Não deu tempo nem de esfriar o teclado do meu PC e o cara já está de volta. Foi só para perder para o Corinthians no domingo mesmo. Se ele stivesse em campo, com certeza acharia uma brecha no ferrolho de 10 que o Palmeiras enfrentou. No G1.

RODADA

fevereiro 1, 2010

Não assisti muita coisa. O primeiro tempo de Corinthians x Palmeiras e o resto vi nas mesas redondas da vida.

No Palmeiras falta um camisa 9 e ontem isso ficou claro. Os chuveirinhos continuam e para esse tipo de jogada, o ideal seria um centroavante trombador. O RC foi expulso injustamente. Na hora do lance do carrinho pensei que o Ju-ju fosse tirar o amarelo. E como é mascarado o tal do RC, meu Deus!!

O meu São Paulo achou um empate nos acréscimos. Não vi nada do jogo e não sei como o time foi armado, mas a zagueirada nossa está acostumada a sempre ter um na sobra… Sei lá. Quem sabe voltando os 3 zagueiros a coisa melhore. Vai treinando com 2 e quando o time tiver mais afiado tenta de novo. Também gosto de times com 2 na zaga. Um centralzão e um quarto zagueiro como se dizia antigamente. Para isso, o time tem que ter 2 laterais-laterais e não alas. Vamos ver.

Parece que o time que está jogando mais bonito é o Santos com sua garotada. Espero que o Robinho não estrague a festa da piazada e venha para somar como dizem os boleiros.

E o Adriano, heim? Esse joga muito e o Império do Amor como os flamenguistas estão chamando sua dupla de ataque, está estraçalhando defesas.

Ainda acho que o Corinthians não chega a lugar algum na Libertadores. Muita confiança às vezes atrapalha.

eita Parmera

janeiro 30, 2010

Quando você acha que a bagaça vai engrenar, vem a diretoria verde e dá uma dessa. Venderam o Deyvid Sacconi, um cara que estava acertando o time, tanto jogando como meia quanto de ponta aberto pelos lados do campo. Prá nós, são-paulinos, ótimo. Mas te falar viu, com clássico no domingo contra o pior rival, com os caras se achando por causa do centenário e com R Gordo e RC  crentes que vão papar a Libertadores, tinha que fazer isso agora Belluzão???

Início de temporada

janeiro 28, 2010

Ontem vi meu primeiro jogo da temporada. Palmeiras x Monte Azul. Por increça que parível, assisti o time verde jogando de maneira diferente dos times do sr Muriçoca-cabeça-de-paçoca Ramalho. A bola rolava no chão e não em ligações diretas da defesa para o ataque e cruzamentos na área. o x 1 para o Palestra foi graças a um penalti mandrake que o Ju-ju garfou do caçula do Paulista na caruda e o pior, em casa. Os chuveirinhos continuam pelo lado do Figueiroa, mas já está beeem diferente do time que perdeu um campeonato ganho ano passado. O que eu gostei foi o aproveitamento da garotada que disputou a Copinha SP. No SPFC ele se recusava a utilizar a garotada sabe se lá porque razões. Tomara que continue assim. Aquele lateralzinho que entrou (acho que Eduardo) é bom de bola e destro, como o maior lateral esquerdo que vi jogar, o mestre Junior. Agora, vai entender a porcada… Quando jogavam dando chuveirinhos na área, dispensaram o Obina – ideal pra esse tipo de jogada. Depois que mandaram o Love para a Gávea, puseram a bola no chão do jeitinho que o artilheiro do amor gosta. Vide o golaço que ele marcou ontem tabelando com o Imperador. Digno de futsal. Nem sei quanto tempo não via uma tabela daquelas. Mas pensando bem, a mais coisas no Parque Antártica que sonha nossa vã filosofia…

resposta

outubro 22, 2009

Dei essa resposta a um amigo querido. Resolvi postar por acá.

 

bom seo caco, o flamengo tem o adriano que, sozinho já não é pouco, mesmo com toda pingaiada dele. nada, nada é um dos artilheiros do campeonato. tem o Maldonado que consertou a marcação no meio campo , o Léo Moura que é um excelente lateral, o kleberson, campeão do mundo e tem o Pet que resolveu voltar a jogar bola depois de velho.  “o Flamengo, nas últimas seis rodadas, conquistou 14 pontos, numa série de causar inveja. Vamos lá: 3 a 0 no Sport, 3 a 0 no Coritiba, daí segurou um 0 a 0 com o Inter lá, meteu 2 a 0 no Fluminense (clássico regional é sempre complicado), arrancou um 3 a 3 do sempre encardido Vitória no Barradão e, no sábado, virou para cima do São Paulo”  fonte http://fischer-blogdofischer.blogspot.com/
bom seo cacondo, esses números cresceram pra 17 pontos em 7 rodadas por que ganharam da porcada com 2 golaços do Pet. podem até não serem campeões por que a bagaça tá beeeem embaçada, mas que o Andrade tem o time na mão, isso é claro e quando esses caras embalam com maraca lotado meu irmão…

a volta do chato

outubro 20, 2009

Não garanto quando escreverei de novo neste blog. Mas já é o segundo dia seguido que posto alguma coisa o que, pra mim, é um puta avanço. Estava tratando da mudança e quando terminei, tive que correr atrás de algumas estruturas como interneide e telephone. Com ambos ok, vamos voltando aos poquinhos.

E o tema de hoje é:

Teorias muricisticas

Pois é… estou com uma nova teoria sobre o homem. Acredito que ele transforma qualquer time que dirige, vejam bem, QUALQUER time em São Caetano. Quem se lembra do Azulão campeão paulista dirigido pelo Muriçoca, cabeça de paçoca? Era um tal de chuveirinho na área que dava gosto. Não à toa, tirou o São Paulo do torneio com dois gols de cabeça do Fabrício, aquele que teve que dar um tempo por causa do coração.

No ano seguinte retorna para o Morumbi e começa a sequencia de três brasileiros que ganhou. 2006 com um time melhorzinho, mas 2007 e 2008 jogando feio de doer. Era 1 x 0 prá cá, 0 x 1 prá lá e o time ia chegando. E dá-lhe bola na área. Não ganhou um único mata mata no SPFC, e no último deles, ganhou foi um cartão azul. O grande diferencial do SPFC que foi dirigido pelo Muriçoca, cabeça de minhoca foi o Rogério Ceni. Com ele, seu esquema marcador podia começar lá na entrada da área adversária. Rogério funcionava como um líbero e não foram raras as vezes em que a jogada de gol começava nos seus pés. Seu tempo de Morumbi começou a se esgotar quando o narigudo goleiro se machucou. Aí começou a engrossar o caldo e as deficiências do time ficaram mais deficientes (não resisti hahaha). Acostumados a ter em Rogério um porto seguro pra recuos de bola e afins, a zaga ficou perdida e deu no que deu. Caímos em todos os torneios que disputamos no primeiro semestre. 

Pois bem, aí veio o Parmera.

Começo bom, time na liderança, lua de mel com torcida e diretoria, entrevistas bem humoradas… Nem parecia o Muricy coiceiro da época de SP. Então, o Muriçoca, cabeça de tapioca, começou a armar o time de acordo com sua imagem e semelhança e o que acontece? Dá-lhe bola na área e jogo feio. Conseguiu melhorar a insegura zaga verde, mas de uns tempos pra cá desandou a levar gols. TODAS  as oportunidades que teve para deslanchar na tabela foram desperdiçadas. E dá-lhe bola na área. E só pra comprovar minha tese a respeito do São Caetano, ontem o Parmera tomou de 2 x 0 do Flamengo, em casa, vestido de… azul.

a volta do boêmio

outubro 19, 2009

Opa, opa!!! Depois de um longo inverno, eis que novamente, vocês dois (eu sei quem são) terão o prazer (ou desprazer) de ler mais um texticulo deste parpitero. Sim, parpitero, até por que escrevo diretamente de Echaporã, minha nova terra natal. Nos aventuramos, eu minha digníssima espousa e meu futuro craque, Pedro Milani Bedusque Lopes (Virgílio Rocha), no interior de São Paulo para tentarmos uma nova vida e vermos nossa cria correndo por ruas tranquilas, brincando o dia todo e aproveitando a sombra de um pé de abacate, como disse o Fischereco outro dia. Tudo indica que nosso filhote terá um canudo de canhota. A única briga é se moraremos em Madrid ou em Milão no futuro.Vamos ver.

Não poderia deixar de falar nesse meu retorno, do meu amigo Barriquelo (à Hortência). Foi valente, admito, pois conseguiu que torcecemos por ele novamente, mas na horica H… A velha história, fim de semana perfeito, faz a pole, por increça que parível largou bem, conseguiu segurar a ponta depois do safety car até o primeiro pit stop. Aí, meu chapa, o Barriquelo voltou a ser o que sempre foi durante toda sua carreira. Erraram nos pneus, perdeu posições, foi ultrapassado pelo concorrente e, pra não dizer que ainda não falei das flores e também, em se tratando de Rubinho Barriquelo, FUROU O PNEU DO CARA!!!  Bom, pelo menos hoje eu acredito que, apesar de todas as Barriqueladas, o Rubinho será competitivo ano que vem. Quem sabe ele não bate o recorde do piloto mais vice campeão de todos os tempos?

Bom o final da história foi igual aos últimos anos de Rubétis. Domingo que vem disputa o segundo lugar do campeonato.

***

Amanhã eu volto com meu esporte favorito, falar mal do Muricy (brincadeira).